Postado em  27/09/2012 - 20:49

Alunos da UnP protestam contra novo método de avaliação

Os alunos do campus mossoroense da Universidade Potiguar (UnP) protestaram ontem (27) contra um método de avaliação implantado na instituição no último semestre considerado “injusto” por eles.
Segundo os alunos, trata-se do EXIN (também chamado de “enadinho”), que seria uma forma de preparação para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE).
O problema, conta a universitária Cítia Lobo, é que o enadinho, cuja nota máxima é cinco pontos, passou a valer metade das notas da primeira prova de todas as disciplinas. Como há apenas duas provas por semestre, o peso da avaliação passou a ser enorme.
Além disso, os alunos estariam sendo obrigados a fazer o exame no início do semestre, quando ainda não teriam visto as matérias cobradas.
“Sem falar no absurdo de uma disciplina servir de critério de avaliação de outra. No meu entendimento, avalia-se um semestre no final deste”, escreveu Cíntia em e-mail enviado ao JORNAL DE FATO.
Bruno Pires, aluno do 4º período de engenharia, declarou: “Aí vem a nossa revolta: a imposição ao aluno para fazer. Ou faz, ou faz”.
Segundo ele, a manifestação começou há alguns dias, com um abaixo-assinado com quase 400 assinaturas de alunos de seu curso, direcionado à ouvidoria da UnP, contra o Exin.
Sem resposta, os futuros engenheiros foram de sala em sala para arrecadar dinheiro no intuito de realizar o protesto.
O movimento cresceu nas redes sociais e se expandiu para todos os cursos.


CAPTCHA Image [ Different Image ]
  • 28/09 - 07:35alan campelo - isso um absurdo, a instituio nos oferece uma tima estrutura mais quer cobrar caro de mais, alunos que no tirarem pelo menos 3 nessa prova ficam abaixo em todas as mdias, temos direito de protestar pacificamente e foi isso que ns fizemos, sou contra esse exame. abaixa o exim, abaixa o exim !
  • 28/09 - 08:33Jos Wellington Mendes Costa - No podemos esquecer que a UNP que comeou a impondo essas regras, minha opinio que ningum aceite essa proposta, e temos que impor a nossa proposta que at 2 PONTOS EXTRA, e no podemos abrir mo disso, vamos fazer o que eles fizeram com agente ou seja IMPOR. Caso isso no acontea a manifestao ira continuar com maiores propores.
  • 28/09 - 09:52EZEQUIEL CANDIDO DA SILVA - A UNP deveria se preocupar mais com sua qualidade de ensino, e estrutura do que ficar impondo aos alunos proves com pontuao alta que s serve para comprometer as notas. Cad os professores de algumas disciplinas? Como podem avaliar algo que no ensinam? Como uma disciplina pode avaliar outra? Cad as oportunidades de estgio? Cad os equipamentos de alguns laboratrios? Exemplos: Fsica, Topografia, Solos, entre outros. Qual realmente o verdadeiro intuito da instituio: ensin
  • 28/09 - 10:03Paulo Csar - Assisti a manifestao, numa instituio com uns 3000 alunos no turno noturno, se muito eram 200 protestando, no conseguiram simpatia nenhuma. Preguia de estudar uma coisa, lutar por melhores condies outra bem diferente. Vejam nas classes quem so os mais exaltados contra o exame, vero que so os alunos mais relapsos e com piores notas.
  • 28/09 - 11:47roberto - 2 provas??? nao existe esse metodo de avaliacao em nenhuma instituicao,pelo aamor de deus! e ainda por cima essa safadeza de enadim,vcs so querem reprovar e ganhar com isso! "desabafei"
  • 06/11 - 23:00MARISTELA - Absurdo tambm uma disciplina a distncia que ns obriga a pagar por uma disciplina que eu no optei e ainda se optativa quando na verdade s concluir a matricula se marca uma por uma delas, agora veja s passei em todas as materias precencial e reprovei a distncia que se diz optativa ,se perde a bolsa por causa dessa disciplina que j reprovei em duas irei briga na justia.
  • 01/02 - 11:47Jos - Um bando de vagabundos que no quer estudar, s isso... Chegaram a bater em professores, invadir salas de aula e rasgar provas de colegas: MUNDIA! Mas como a reitora da UnP abre a boca os alunos cagarem dentro, venceu quem quebrou tudo: acabaram com o exame! Tomara que agora esse povo proteste tambm quando subir a mensalidade! Queimem pneus na frente da BR! Com certeza eles baixam!
  • 13/02 - 01:28Lcia - Isso um abisurdu! As prova j muito defisil sem o exin, quanto mais com ele! Abaicho o exim! Nis alunos temus o direito apenas de fazer os trabalho e as prova... Ok?
  • 14/02 - 14:23Klebber - minha mensalidade subiu mais de 100 reais, isso nao pode e contra a lei... eles tao so demitindo profesor e aumentando a mensalidade, como pode? temus que potestar contra isso tambeim!
  • 14/02 - 14:31Professor - No basta demitir a maioria dos professores com ttulo de mestre e doutor e pagar aos que sobraram salrio de especialista, a rede Laureate vem demonstrando que seu compromisso apenas com lucro. Ns professores somos obrigados a aprovar os alunos, que chegam (e saem) praticamente analfabetos funcionais. Procurem fazer uma auditoria nos registros escolares e comprovem que os diretores alteram as notas que digitamos para aprovar alunos que foram reprovados anteriormente!
  • 14/02 - 22:42Catarina - esse povo muinto priquisozo e num quer istudar, eu mesma fiz a prova e num teve nada, tomara que tenha otra todo semestre. muito bom istudar na unp
  • 15/02 - 02:51Alfredo - Eu acho pouco! Vo estudar bando de desocupados!
  • 20/02 - 15:21Adriana - Eu axo pouco, kkkkk
  • 21/02 - 14:49Aluno Insatisfeito - Eu achava que uma universidade internacional teria um ensino de excelncia para oferecer... Mas s encontro besteira e professores desanimados com a falta de respeito da universidade com eles, uma pena. Vou cancelar minha matricula ainda essa semana.
  • 02/03 - 01:05Lzaro - Acho que a qualidade dos textos e o emprego do vernculo nos comentrios anteriores atestam a qualidade de ensino desta instituio. Desisti de fazer minha matrcula, vou tentar na UERN...
  • 18/09 - 23:20o lider - Unp j foi uma IES SRIA. HOJE DECADNCIA. QUEM BEM SOUBER IR PROCURAR UMA UNIVERSIDADE QUE PRESTE. ATENO ESTUDANTES QUE PENSAM EM ESTUDAR NA UNP. ESQUEAM, IRO S PERDER TEMPO E DINHEIRO.