Postado em  19/03/2017 - 19:11

Com 1º tempo eletrizante e segundo monótono, clássico Potiba termina empatado em 2 a 2

Foto: Allan Phablo
 
 
O clássico entre Baraúnas e Potiguar terminou em 2 a 2 na noite deste domingo, 19. O Potiba foi válido pela terceira rodada da Copa Rio Grande do Norte, equivalente ao segundo turno do Campeonato Estadual.
 
O confronto teve dois tempos distintos. O primeiro foi empolgante com chances de gol para os dois lados. Já a etapa final foi mais disputada e com menos chances de gol, além dos jogadores demonstrarem cansaço nos últimos minutos do clássico. 
 
O tricolor abriu o placar aos 11 minutos de jogo em uma falha do goleiro Rafael Dida. Ítalo aproveitou a bola descuido dos atletas alvirrubro e, da entrada da área, chutou e Dida aceitou. A bola bateu no gramado e encobriu o goleiro do Time Macho.
 
O empate do Potiguar veio aos 33 minutos através do matador Robert. Ele recebeu passe de Wellington Sabão e chutou forte para igualar o marcador. Entretanto, o Leão do Oeste novamente ficou a frente do placar dois minutos depois de sofrer o gol de empate.
 
Beleu cobrou falta de longe e fez o segundo gol leonino na partida. A batida foi da intermediária e o goleiro Rafael Dida, visualmente, estava mal colocado e não conseguiu evitar o gol do Baraúnas.
 
Com o segundo tempo em que as equipes não apresentaram um jogo praticado na etapa inicial, o grande lance da etapa complementar foi o gol de empate do Potiguar. Aos 39 minutos Robert novamente balançou as redes do Baraúnas. Ele completou, de cabeça, cruzamento de Jozicley.
 
O resultado deixa ainda o alvirrubro mossoroense na liderança do segundo turno, com sete pontos ganhos. O Tricolor chega ao seu segundo ponto na Copa RN, mas tem um jogo a menos do que algumas equipes.
 
No próximo fim de semana os mossoroenses entram em campo novamente pela quarta rodada. No sábado, 25, o Potiguar recebe o Alecrim, no estádio Nogueirão, às 17 horas. Já o Baraúnas vai enfrentar o Assu, fora de casa. 
 
Jogo
 
1º tempo
 
Aos 5 minutos o Potiguar chegou a marcar com o zagueiro Joseph, mas ele estava impedido assinalou o auxiliar. Luan cobrou para a área. Giovanni escorou para defensor mandar para o fundo das redes, mas o tento foi anulado pelo árbitro Tarcísio Flores.
 
Aos 8 minutos o árbitro Tarcísio Flores aplicou cartão amarelo no estrenate pelo Baraúnas, Ítalo Robben, após o atleta reclamar de uma suposta falta sofrida no meio de campo.
 
Aos 11 minutos o Baraúnas chegou ao primeiro gol com o jogador Ítalo. O atleta arriscou o chute de longe e a bola quicou na frente do goleiro Rafael Dida enganando o arqueiro alvirrubro que falhou no lance.
 
Aos 13 minutos o atacante Caio Dittmar sofreu uma pancada muito forte no joelho direito e teve de deixar o campo de jogo. No lugar dele entrou Rony.
 
Aos 17 minutos o atacante Gabriel Maia chutou forte de fora da área e o goleiro Rafael Dida caiu todo estranho para defender a bola e manda-la para escanteio. Aparentemente o arqueiro alvirrubro entrou nervoso em campo e sentiu o gol em que teve parcela de culpa.
 
Aos 26 minutos Ítalo encontrou Rony na entrada da área que passou para Ítalo Robben. Ele passou pelo defensor do Potiguar, mas não conseguiu alcançar a bola.
 
Aos 29 minutos Wellington Sabão perdeu uma grande oportunidade de gol para o Potiguar. Luan fez boa jogada costurando a defesa tricolor e passou a bola para o atacante alvirrubro. Ele ficou frente a frente com o goleiro Érico, mas chutou a esquerda da meta desperdiçando a chance do empate para o Time Macho.
 
Aos 33 minutos o atacante Robert fez jus a marca de golaeador e empatou a partida. Wellington Sabão desceu pela esquerda e tocou com açucar para o matador chutar forte e balançar as redes do goleiro Érico. Em três com a camisa do Potiguar, Robert marcou nas três.
 
Aos 35 minutos o Baraúnas novamente ficou a frente do placar com um golaço do meia Beleu. Ele cobrou falta de longe e a bola foi ângulo direito do goleiro Rafael Dida que esboçou ir na bola, mas nada poderia fazer.
 
 Aos 45 minutos subiu a placa com três minutos de acréscimos.
 
Aos 47 minutos o atacante Wellington Sabão fez jus ao nome e fez uma boa jogada pela esquerda. O ensaboado jogador passou pela defensiva leonina e bateu cruzado, mas a bola passou a esquerda do goleiro Érico que reclamou com sua zaga por ter deixado o atleta do alvirrubro fazer toda a jogada e levar perigo ao gol leonino.
 
Aos 48 minutos o árbitro Tarcísio Flores encerrou o bom primeiro tempo de jogo com a vitória parcial do Baraúnas sobre o Potiguar por 2 a 1.
 
 
2º tempo
 
No intervalo o técnico Ronaldo Bagé fez sua segunda substituição. Ele tirou o autor do primeiro gol, o volante Ítalo, e colocou Jefferson Costa.
 
Logo no primeiro minuto o Baraúnas assustou o Potiguar e quase marca o terceiro gol. Gabriel Maia fez fila no meio da defesa do alvirrubro e a bola sobrou para Beleu, que bateu prensado com o zagueiro do Potiguar.
 
Aos 2 minutos Giovanni cobrou falta com perigo e a bola passou por todo mundo indo pela linha de fundo.
 
Aos 10 minutos o zagueiro Nicolas cortou passe que ia para Jozicley e a bola sobrou para Robert que bateu de primeira e o goleiro Érico defendeu sem dificuldade.
 
Aos 12 minutos o técnico Emanoel Sacramento fez sua primeira substituição. Saiu Luan e entrou Du Paraíba.
 
Aos 19 minutos Beleu recebeu a bola na esquerda e cruzou com perigo. O goleiro Rafael Dida defendeu a bola estranhamente.
 
Aos 20 minutos Emanoel Sacramento realizou a segunda substituição. Ciel entrou no lugar de Batata.
 
Aos 29 minutos Ciel carregou a bola no meio de campo e quando oberservou o clarão na defesa leonina ele arriscou, mas a bola subiu muito.
 
Aos 31 minutos Ítalo Robben fez boa jogada na intermediária e passou a bola para Rony. Na meia lua da grande área o atacante arriscou para o gol, mas o zagueiro Lucas interceptou o chute.
 
Aos 34 minutos Yago descolou bom passe para Ítal Robben. Ele perdeu a passada, mas ainda conseguiu ajeitar o corpo e bater para o gol. Porém, a bola passou longe.
 
Aos 35 minutos Du Paraíba fez boa jogada pela esquerda. Ele cruzou a e abola desviou no zagueiro Nicolas. O desvio quase engana o goleiro Érico que fez a defesa em duas vezes.
 
Aos 37 minutos houve pequeno tumulto entre os jogadores das duas equipes. Um lance entre Beleu e Joseph o zagueiro do Potiguar ficou tentando tirar a bola do jogador leonino. No lance os jogadores se estranharam.
 
Aos 39 minutos houve blitz na área do Baraúnas e novamente Robert empatou para o Potiguar. Ciel fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. A bola passou por todo mundo e sobrou para Jozicley. O meia alvirrubro cruzou encontrando o matador Robert, que de cabeça completou para o gol dando números iguais ao placar.
 
Aos 42 minutos o técnico Emanoel Sacramento fez sua última substituição. Ele tirou Wellngton Sabão e colocou Márcio Tarrafas.
 
Aos 44 minutos Ronaldo Bagé tirou Ítalo Robben e colocou Romário.
 
Aos 45 minutos Yago bateu forte para o gol e o goleiro Rafael Dida defendeu no centro do gol, após rebote de falta cobrada pelo lateral Johnson.
 
Tarcísio Flores deu seis minutos de acréscimo. O segundo tempo irá ate os 51 minutos.
 
Aos 48 minutos Du Paraíba conseguu ganhar do zagueiro Ferreira e cruzou para a área com o atacante Robert mandando a bola pela linha de fundo quase marcando o terceiro gol do Potiguar.
 
Aos 49 minutos o árbitro encerrou o clássico.
 
FICHA TÉCNICA:
 
Jogo: Baraúnas x Potiguar
 
Rodada: 3ª da Copa Rio Grande do Norte
 
Local: Nogueirão, Mossoró
 
Data: 19.03.2017
 
Horário: 17 horas
 
Árbitro: Tarcísio Flores da Silva
 
Auxiliares: Edson Trajano da Cruz e José Givanilson Martins dos Santos
 
Gols: Ítalo 11' (1º) (BAR), Robert 33' (1º) (POT), Beleu 35' (1º) (BAR), Robert 39' (2º) (POT)
 
Renda: R$ 38.715,00
 
Público: 1.648 pagantes
 
Amarelos: Ítalo Robben (BAR), Érico (BAR), Pop (BAR)
 
Vermelho:
 
Baraúnas: Érico; Johnson, Ferreira, Nicolas e Deivinho; Yago, Ítalo (Jeferson Costa) e Beleu; Gabriel Maia, Ítalo Robben (Romário) e Caio Dittmar (Rony).
Técnico: Ronaldo Bagé
 
Potiguar: Rafael Dida; Glaubinho, Lucas, Joseph e Batata; Sidney, Jozicley, Giovanni e Luan (Du Paraíba); Wellington Sabão (Marcio Tarrafas) e Robert. Técnico: Emanoel Sacramento

 


CAPTCHA Image [ Different Image ]