Postado em  31/03/2014 - 16:24

Objetos encontrados no sul do Oceano Índico não são de avião malaio

Da Agência Estado

PERTH,AUSTRÁLIA - O conjunto de objetos laranjas encontrados na semana passada e que seriam possíveis destroços do avião da Malaysia Airlines desaparecido há três semanas são apenas equipamentos de pesca. A revelação foi feita nesta manhã pelas autoridades australianas que estavam analisando o material recolhido ontem no mar. Em coletiva de imprensa, o porta-voz da Autoridade de Segurança Marítima, Jesse Platts, explicou que "nenhum pedaço dos objetos tem relação com o MH370".

A notícia frustra novamente as buscas pelo Boeing 777, que fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim e desapareceu no dia 8 de março, com 239 pessoas a bordo.

O primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, reconheceu que as buscas foram muito complexas, mas disse que os investigadores chegaram "muito, muito próximo" de qualquer ponto onde o avião teria caído. Na quarta-feira, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, planeja viajar para a região de Perth e acompanhar as investigações de perto.

As buscas pelo MH370 foram intensificadas ao longo dos últimos dias depois que os investigadores conseguiram um conjunto limitado de informações e dados por meio de radares e satélites. A área de pesquisa foi reduzida e agora está focada no Oeste da Austrália.

"Essa é um exercício extraordinariamente difícil. Nós estamos procurando em uma vasta área do oceano e trabalhando com poucas informações", disse o premiê australiano.

Dez aviões e outros 11 navios continuam vasculhando a região de buscas, a cerca de 1,8 mil quilômetros da costa oeste da Austrália. Cerca de 100 oficiais da aeronáutica e mil da marinha australiana estão envolvidos nos trabalhos. O governo da Austrália descarta um prazo limite para terminar com as pesquisas.

 


CAPTCHA Image [ Different Image ]