Postado em  26/08/2013 - 21:21

Aeroporto registra queda no número de passageiros

Canindé Soares
Aeroporto Internacional Augusto Severo tem registrado redução do número de passageiros

O Aeroporto Internacional Augusto Severo sofreu, em julho deste ano, uma queda de 14,9% no número total de passageiros – nacionais e internacionais – quando em comparação ao mesmo período de 2012.
A informação é da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) em seu levantamento mensal dos aeroportos brasileiros. Comparado a outros estados do Nordeste, o Rio Grande do Norte ficou na penúltima colocação.
Em números, a redução de 14,9% representa uma queda de 36.743 passageiros no comparativo entre os anos.
O aeroporto também apresentou queda no volume total de passageiros em todos os meses de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2012 e também em relação a 2011.
Além disso, o Augusto Severo teve o pior desempenho de todos os aeroportos das capitais do Nordeste com relação ao crescimento da quantidade total de passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011.
Neste período, a quantidade de passageiros diminuiu 8,4%, enquanto a média das nove capitais cresceu 0,3%. O número de passageiros domésticos diminuiu 8,1% e de internacionais 15,9%. Ou seja, houve redução nos dois segmentos.
Além disso, houve uma redução de 130.665 passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011, sendo 104.585 domésticos e 10.671 internacionais.
Das nove capitais do Nordeste, os aeroportos de Natal (-8,4%), Salvador (-8,0%), Teresina (-0,9%) e São Luís (-0,9%) tiveram perdas de passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011.

Queda no número de passageiros vem ocorrendo nos últimos dois anos
Os principais destinos turísticos concorrentes de Natal, com exceção de Salvador, apresentaram crescimento do número de passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011: Maceió (+20,2%), João Pessoa (+8,9%), Fortaleza (+2,7%) e Recife (+3,5%).
A quantidade de passageiros de janeiro a julho no Aeroporto Augusto Severo foi menor que o mesmo período do ano anterior por dois anos consecutivos, demonstrando uma clara tendência de queda.
Em 2011, o volume de passageiros foi de 1.557.752. Ano passado caiu para 1.538.077 e em 2013 uma nova redução atingindo 1.427.087.
Para o presidente da ABIH-RN, “os maiores problemas do turismo de Natal são a falta de divulgação e promoção do destino, assim como a perda de quatro voos diários de fevereiro para cá”. Além de não concluir nenhuma das obras de mobilidade para a Copa, a cidade não terá os seis hotéis anunciados até 2014. Três deles engavetaram os projetos, pelo menos por enquanto, devido a problemas ambientais, já que estão previstos para a Via Costeira.


CAPTCHA Image [ Different Image ]